terça-feira, 17 de janeiro de 2017

DISCALCULIA: O transtorno por trás da dificuldade de aprender matemática

Foto Reprodução: O Math - facebook
Segundo a literatura médica, a discalculia é uma desordem neurológica que afeta a habilidade de adquirir destrezas matemáticas.

Alunos discalcúlicos podem experimentar dificuldades para entender conceitos numéricos, carecem de compreensão intuitiva dos números e têm problemas para aprender operações matemáticas, um número estimado entre 3% a 6% da população sofre de discalculia.

Frequentemente, especialistas descrevem a discalculia como a "prima matemática" da dislexia.

Inteirar-se de sua existência foi "simultaneamente uma fonte de irritação e alívio", conta a escritora americana Hannah Tomes, que desde de criança dizia ter "pavor de tudo relacionado a números".

"Não podia ver a hora em um relógio desde que tinha 15 anos, e tive de praticar muito para conseguir superar essa barreira. Até hoje me dá um pouco de pânico quando alguém me pergunta que horas são".

Se tivesse sabido dessa condição, "talvez teria sido mais benevolente comigo mesma quando era criança", escreve ela.

Dificuldade severa
Cabe ressaltar que a discalculia é um transtorno mental que consiste em ter dificuldade severa para fazer cálculos aritméticos.

"Em algumas crianças, a memória do procedimento pode não funcionar bem, por isso as habilidades matemáticas não se automatizam", explica Tanya M. Evans, responsável por um estudo realizado pela Centro Médico da Universidade Georgetown e pela Universidade de Stanford nos EUA.

Várias pesquisas mostram que a discalculia tem um alto componente hereditário. Outras indicam que o problema se relaciona com o desenvolvimento do cérebro no útero da mãe ou nos primeiros anos de vida do récem-nascido.

Por outro lado, muitos especialistas concordam que, se o assunto for abordado no momento indicado e de forma adequada, é possível obter resultados tão promissores quanto os já registrados com crianças disléxicas. Eles ressaltam ser importante que a discalculia seja tão conhecida quanto a dislexia.

Pistas
Há vários sinais de alerta para detectar essa condição, seja em crianças em idade pré-escolar seja naquelas que terminam a escola.

Em linhas gerais, os indicadores mais comuns de discalculia são:

* Fazer contas com a ajuda dos dedos em idade mais avançada do que o normal

* Ter dificuldades para fazer estimativas aproximadas 

Fonte: BBC Brasil

Tragédia: Colisão na BR 010 termina em explosão e seis óbitos próximo a Campestre

Foto Reprodução: PRF
Um grave acidente de grandes proporções envolvendo um automóvel e uma carreta foi registrado na BR 010 entre Porto Franco e Campestre na tarde de ontem, segunda-feira (16).

As informações chegaram ao Centro de Informações Operacionais da Policia Rodoviária Federal do Maranhão via telegram, pela Ciop do Tocantins.
Foto Reprodução: PRF
De acordo com dados preliminares houve uma colisão frontal entre os veículos citados acima, sendo que um deles acabou sendo arremessado contra dois outros veículos e pegou fogo. Seis pessoas que estavam no carro que explodiu, quatro adultos e duas crianças, morreram carbonizadas.
Foto Reprodução: PRF
Fonte: Minard

sábado, 14 de janeiro de 2017

CLIENTES CAIXA: cartão de débito e internet banking vão ficar fora do ar

Do R7
Foto Reprodução
Os clientes da Caixa Econômica Federal devem estar atentos com a manutenção que será realizada pela instituição na madrugada deste domingo (15). O banco estatal anunciou que alguns serviços ficarão fora do ar entre a 1h e às 5h.

Quem for para a balada ou sair para curtir um barzinho, deve estar atento porque não poderá pagar a conta com o cartão de débito, que estará indisponível no período. Segundo a Caixa, o sistema de cartão de crédito funcionará normalmente.

Também ficarão indisponíveis os ambientes de autoatendimento e o internet banking da instituição.


De acordo com a Caixa, a pausa nos serviços se deve a uma manutenção tecnológica que visa melhorar a qualidade e disponibilidade dos serviços aos clientes.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

ATENÇÃO CONTRIBUINTE: CPF poderá ser atualizado pela internet

Serviço está disponível para brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, independentemente da idade
Foto Reprodução
A partir da próxima segunda-feira (16), a atualização de dados cadastrais no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) poderá ser feito no site da Receita Federal. O novo serviço é gratuito e ficará disponível 24h por dia, inclusive nos feriados e finais de semana. Além dessa mudança, a Receita disponibilizará novos modelos de comprovantes de inscrição e de situação cadastral no CPF com a utilização do chamado QR Code.

Para atualizar quaisquer dados cadastrais do CPF, como nome, endereço e telefone, o contribuinte deverá preencher formulário eletrônico, disponível no endereço receita.fazenda.gov.br.

O serviço poderá ser utilizado por brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil, independentemente da idade. A Receita estima que cerca de 191 milhões de pessoas poderão ser beneficiadas com o serviço.


O atual serviço presencial de alteração de CPF continuará sendo disponibilizado em unidades de atendimento dos Correios, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Nesse caso, há cobrança de tarifa de serviço no valor de até R$ 7,00.

Fonte: Receita Federal

Homem é enterrado com R$ 176 mil para “agradar a Deus”

Um servidor público de Uganda instruiu sua mulher a enterrá-lo com 200 milhões de shillings ugandenses, o equivalente a R$ 170 mil. O dinheiro, segundo noticiou o jornal Daily Monitor, seria para que ele pudesse “agradar a Deus na hora do juízo final”.

Charles Obong, de 52 anos, vinha sofrendo com uma doença e havia deixado instruções para que sua mulher Margaret depositasse todo o dinheiro no seu caixão. O objetivo de Obong seria poder pagar a Deus para que seus pecados fossem perdoados e ele fosse livre do inferno.

Embora só tenha contado à família a quais pecados se referia, pediu que seu irmão e sua irmã garantissem que seu desejo fosse cumprido pela esposa.

O enterro foi dia 17 de dezembro e seguiu todas as instruções do falecido. Contudo, esta semana, a família decidiu exumar o corpo e o elegante caixão metálico precisou ser aberto. Todo o dinheiro foi retirado, mas a esposa não quis dizer por que mudou de ideia.

Enterrar pessoas com objetos valiosos ou dinheiro é uma tradição da etnia Langi, a qual a família pertence. O pastor ugandense Joel Agel Awio, ouvido pelo Daily Monitor, reiterou que Deus não pode ser comprado. “O preço da vida eterna foi pago com o sangue de Jesus. Se você quer que seus pecados sejam perdoados, busque isso enquanto ainda está vivo”, ensina.


Fonte: Gospel Prime

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

KM – 17: Carreta que transportava bois vira e populares abatem os animais

Foto: Concita Brandão
Cenas de desespero, para saber quem pega o primeiro pedaço. Foi isso que aconteceu ontem (10), na BR – 316, no KM – 17, em Codó. 

Uma carreta que transportava carga viva (boi) tombou, e em menos de 5 minutos muita gente apareceu, de vários lugares, para abater, provavelmente, os animais que estavam agonizando. O local pareceria um formigueiro. Até um carro foi registrado no local, para fazer o transporte do animal abatido.
Foto: Concita Brandão
O local virou um matadouro a céu aberto. O acidente aconteceu por volta das 14:30h, não tivemos informações sobre o estado do motorista da carreta, que pelo visto, poucos tiveram essa preocupação.

Carne, de graça, às vezes sai mais cara!


Fonte: Sandro Vagner

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

SAÚDE PUBLICA: OMS - Tabagismo custa US$ 1 trilhão por ano aos países

Atualmente, seis milhões de pessoas morrem prematuramente por ano em decorrência do fumo
As despesas de saúde e perda de produtividade econômica em decorrência do uso de tabaco podem custar aos países mais de US$ 1 trilhão por ano. A informação foi divulgada hoje (10) pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos da América (NCI), que elaboraram relatório que trata dos impactos do fumo na economia dos países e na saúde da população.

O documento mostra que, se ignorada, a indústria do tabaco traz enormes prejuízos para o sistema de saúde e para as famílias. Atualmente, seis milhões de pessoas morrem prematuramente por ano em decorrência do fumo. A maioria das vítimas está em países em desenvolvimento. Em todo o mundo, 1,1 bilhão de fumantes tem até 15 anos de idade e 226 milhões são pobres.

Por outro lado, investimento em políticas de controle do uso do tabaco como aumenta de preços e impostos, podem proteger as pessoas das doenças que mais matam no mundo (câncer e problemas cardíacos) e ainda ser para os governos uma fonte de receitas para saúde e desenvolvimento.


De acordo com o estudo, se os países banissem o marketing que incentiva o uso do tabaco e aumentassem os impostos de cigarros em US$ 0,80 por pacote, poderiam gerar um aumento em suas receitas em 47% ou US$ 140 bilhões. O aumento das taxas elevariam em 42% os preços de venda dos cigarros e estimularia o declínio do hábito de fumar para pelo menos 66 milhões de fumantes adultos, (Fonte: Agência Brasil).